domingo, 7 de março de 2010

Dias para se lembrar











Cristiano Silva Rato*

Despejo o amor no céu azul que circunda a imagem que a forma
Acorde cedo e diga: Não quero mais, porra!
Porra! (repita rápido)
Antes que o pensamento se forme e as ações do tempo ajam para amordaçar a injúria.

Vejo o cego que atravessa a praça como um ego sem esmola
Levante sua buceta e arreganhe
Buceta! (porra rápido)
Levanto cedo, e logo vejo a logo da escola, na ordem e no progresso do júri.

*cristpsilva@gmail.com